Quem Somos

História da Faculdade

A estabilidade e a tradição de nossa Instituição são o resultado das experiências acumuladas numa caminhada de 110 anos dedicados ao ensino com seriedade e dinamismo.

A História das Faculdades Nogueira da Gama remonta a 1880, quando foi fundado pelo idealista e educador Professor Lamartine Delamare Nogueira da Gama, na capital de São Paulo, o Colégio Delamare; em dezembro de 1889, pelo Decreto 3.518 foi equiparado ao Ginásio Nacional, sob a denominação de Ginásio Nogueira da Gama; mais tarde (1893) transferiu-se para cidade de Jacareí, sob a denominação de Colégio Nogueira da Gama e 27 anos depois (1920), finalmente, o Ginásio Nogueira da Gama transferiu-se para a cidade de Guaratinguetá.

Comparável às melhores escolas do Estado de São Paulo, tanto na sua parte física, quanto na qualidade dos seus docentes oferecia o ensino primário, o secundário e cursos preparatórios, a Escola Técnica de Comércio “Antonio Rodrigues Alves” e mais a Caixa Rural. A Caixa era um órgão independente, porém com vistas à experiências e práticas dos alunos do curso comercial.

Incansável na determinação de possibilitar o acesso do ensino a um número cada vez maior de pessoas, em 1957, os seus então dirigentes (ex-alunos e professores) senhores José Marcondes Neves, Edílio Cipro, Mário Galvão de Castro e José Monteiro houverem por bem criar uma sociedade denominada Organização Guará de Ensino Limitada, com o objetivo de manter, ampliar e garantir o sucesso da escola fundada pelo educador Professor Lamartine Delamare Nogueira da Gama.

No início da década de 1970 o Ginásio “Nogueira da Gama”, agora como Colégio, ganhou novas instalações na Av. Pedro de Toledo, na Vila Paraíba, e reabriu sob uma nova sociedade mantenedora, a “Organização Guará de Ensino”, sem fins lucrativos. A nova instituição tinha como associados os senhores José Armando Zollner Machado, José Marcondes Neves, Francisco Marcelo Ortiz Filho, Eduardo Kalil, Rubens Monteiro de Andrade e Sebastião Monteiro Bonato.

Estes associados, imbuídos do mesmo ideário do fundador, professor Lamartine Delamare Nogueira da Gama, partiram para um novo projeto educacional no nível do Ensino Superior, criando inicialmente a Faculdade de Ciências Econômicas e Administrativas de Guaratinguetá, que começou a funcionar em 1973, com os cursos de Ciências Econômicas e Administração de Empresa.

Em seguida, março de 1974, implantaram a Faculdade de Educação de Guaratinguetá, com o curso de Pedagogia e habilitações, sempre perseguindo o ideal maior de formar profissionais hábeis e competentes para servir ao Brasil e à região onde encontra-se inserida.

Para atender às crescentes exigências regionais de mão de obra especializada e formar pessoas para o mercado de trabalho, a “Organização Guará de Ensino”, foi incorporando novos cursos, novas formas de organização, novos professores, mestres e diretores e, assim, por demanda e coerência incorporou, em dezembro de 1984, o curso de Ciências Contábeis passando a denominar-se Faculdade de Administração, Ciências Econômicas e Contábeis de Guaratinguetá.

Nesse percurso a “Organização Guará de Ensino”, trilhando o caminho da qualidade, implantou e ministrou (1989/1990) cursos de pós-graduação “lato sensu” na área da educação, com o objetivo explícito de promover maior qualificação dos seus docentes, abertos, porém, a profissionais oriundos de outros estabelecimentos.

Com todos os seus cursos reconhecidos pelo poder público, com grande cuidado em manter-se atualizada e eficiente na sua tarefa original, a “Organização Guará de Ensino”, recentemente vem se desdobrando na busca das reformas educacionais dispostas na nova Lei de Diretrizes e Bases da educação nacional e exigidas pela sociedade globalizada, pós-industrial.

Os desafios são permanentes e é enorme a preocupação da “Organização Guará de Ensino”, em levar aos seus alunos um ensino moderno, eficiente, voltado para suas conquistas de melhores posições no próximo milênio. Para o alcance dessas metas a instituição vem, desde a sanção da nova LDB, paulatina e permanentemente, contratando novos e aprofundando e desenvolvendo conhecimentos dos professores, com vistas a alcançar um corpo docente altamente qualificado, que sirva de justo orgulho para a nossa comunidade de inserção, nossos alunos e, igualmente, como exemplo da tradicional cultura que Guaratinguetá sempre ostentou.

O futuro está aberto, depende de nossos ideais, projetos, esforços, investimentos, decisões, trabalho. O movimento contínuo de construção da história exigirá de nós ousadia, seriedade e criatividade.

Missão

Compromisso permanente com a Educação de qualidade, visando, principalmente, a formação de agentes de transformação da sociedade local, regional e nacional contemporânea.

Direção

UNIESP
Fernando Costa – Presidente da UNIESP

Diretor Geral
Professora Mestra Érica Barbosa Joslin.