Notícias

O CRISTO REDENTOR, o mais importante símbolo do Brasil, está completando 90 anos!

0 Comentário


Compartilhe

               

No segundo sábado do mês de junho de 2021, a National Geographic, em seu canal pago, apresentou um documentário sobre os monumentos mais importantes do mundo. O terceiro colocado: o Cristo Redentor! O monumento já havia sido considerado uma das 7 maravilhas do mundo moderno em 2007 e, em 2012, foi incluído na lista de Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. É o segundo maior monumento que representa Cristo  no mundo, perdendo apenas para o Cristo Rei, que fica na Polônia.

     A maioria dos brasileiros conhece o Cristo Redentor, mas certamente não sabe muito sobre sua história, nem sobre essa importância toda no mundo.

     Foi do Padre Pedro Maria Boss na década de 1850 e em homenagem à filha de Dom Pedro II, a Princesa Isabel, a sugestão de construir uma estátua gigante cristã no alto do Monte do Corcovado no Rio de Janeiro/RJ, então capital do Brasil.

 

 

     O monumento, porém , só foi construído após uma campanha de arrecadação que rendeu mais de mil contos de réis, no período de 1922 a 1931, e foi inaugurado durante as festividades do Dia de Nossa Senhora Aparecida, a Padroeira do Brasil, em 12 de outubro de 1931, o que significa que, neste ano, ele completará 90 anos.

     Com 38 metros total (8 metros de pedestal + 30 de escultura em Art Déco), o Cristo Redentor, de braços abertos diante da Baía de Guanabara, numa das mais belas paisagens do mundo,  recebendo e protegendo a todos que se encontram em solo brasileiro, é uma obra encabeçada pelo desenhista Heitor da Silva Costa, o pintor Carlos Oswald e o engenheiro Heitor da Silva Costa. O corpo da estátua foi feito  inteiramente no Brasil, em pedra sabão, abundante no país e muito resistente à corrosão, capaz de suportar ventos de até 250 km, cortada em triângulos, colados à mão em um tecido e aplicado por pastilheiro na estrutura feita de concreto armado. As mãos e a cabeça (que pesa 38 toneladas) foram moldadas em Paris pelo escultor polonês Maximilian Paul Landowski. O monumento pesa aproximadamente 1,145 toneladas.

     Conforme reportagem do Diário de Notícias  e  da Revista O Cruzeiro (datados de 13 e de  17 de outubro de 1931 respectivamente), o Cristo Redentor foi inaugurado pelo presidente Getúlio Vargas e por Pedro Ernesto, interventor do Distrito Federal, e com a  presença das mais altas autoridades do mundo político e religioso do país. Na cerimônia, a estátua foi iluminada por uma bateria de holofotes acionada por Guglielmo Marconi, o inventor do rádio de ondas curtas, diretamente de Roma/Itália, ou seja, a 9.200 quilômetros de distância. Uma indicação de vídeo raro que resgata um pouco da história e da inauguração do Cristo Redentor: https://www.youtube.com/watch?v=tM7mSqFpNN8

        Bem perto do local em que o Cristo Redentor está de braços abertos para receber todas as pessoas que queiram conhecer o Brasil, o Rio de Janeiro e a Ele, a UNIESP tem duas importantes Instituições de Ensino Superior: o Centro Universitário do Rio de Janeiro - UNIRJ e a Faculdade do Rio de Janeiro (antiga SUESC).

     O Cristo Redentor é, sem sombras de dúvidas,  o símbolo máximo do Brasil em todos os cantos do mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Deixe seu comentário
Seu endereço de e-mail não será publicado.




    Seja o primeiro a comentar!