Notícias

Alunos de Psicologia da Faculdade de Colinas lançam seu segundo livro

0 Comentário


Compartilhe

               

Os alunos de estágio em Clínica de Psicologia do 10º período da Faculdade de Colinas do Tocantins lançaram o segundo volume do livro “Artigos clínicos de atendimentos psicológicos- Relatos de experiências.” Orientados pelo Prof. Me. Edgar Henrique Hein Trapp, os alunos puderam expressar em artigos as experiências vividas com os atendimentos durante o período de estágio.

Em linhas gerais, a obra foi construída a partir das perspectivas do medo. Cada aluno foi convidado pelo professor a escrever um artigo sobre o medo de atendimento, como explica o professor Edgar:

“Destaca-se que o medo é um importante sentimento, pois, coloca o sujeito em estado de alerta para algo que precisa ter cuidado, de forma que nos possibilita proteger a integridade do indivíduo. Mas, exatamente por este sentimento ter uma vinculação à proteção básica, ele nos prepara para fugir ou lutar. Do ponto de vista clínico, o fugir ou lutar pode ser materializado no distanciamento da escuta”.

Ele ainda acrescenta:

“O olhar, o discutir, o pesquisar, o escrever faz parte da vida acadêmica, apenas faltava um desafio e, ele foi proporcionado, criando um espaço do gosto pelo aprender, pelo discutir, pelo observar e pelo trabalhar sobre o aprendizado.”

A ideia do livro, segundo Trapp, surgiu durante o processo de supervisão acadêmica em estágio clínico de forma remota síncrona. Em virtude da pandemia, não foi possível um lançamento do livro, porém a obra estará disponível na biblioteca da faculdade para consulta de dados para os demais alunos que ingressarem no estágio clínico. 

O primeiro volume do livro também está disponível na Biblioteca da Faculdade, atendendo à demanda de acrescentar conhecimento tanto aos alunos de outros períodos e cursos, quanto aos alunos do estágio.

“Fazer com o que o aprendente aguce sua curiosidade literária por meio das pesquisas e estudos de caso, enquanto formandos no curso de Psicologia, produz um sentimento de tranquilidade e paz no trabalho do ensinante como supervisor acadêmico de estágios”. Explica Edgar.




Deixe seu comentário
Seu endereço de e-mail não será publicado.




    Seja o primeiro a comentar!