CPA - COMISSÃO PERMANENTE DE AVALIAÇÃO

Informações Gerais


A Comissão Própria de Avaliação (CPA) foi implantada na instituição em 2006. A partir de então, consciente das melhorias que o processo de avaliação institucional poderia proporcionar, foram sugeridas pela IES medidas que se tangibilizaram na sede por meio de sua então Mantenedora no respectivo ano, pois a instituição já priorizava como o faz até hoje, a excelência na qualidade do ensino.

Por meio das reuniões com os diversos públicos, foi percebido pela Comissão o quanto os métodos de avaliação da CPA agregaram. Estes instrumentos de pesquisa permitiram mostrar uma ampla visão dos processos e das melhorias apontadas. 

A CPA como um corpo estratégico da instituição encontrou novas oportunidades e detectou as ameaças no ambiente. Estas oportunidades e ameaças foram colocadas em evidência neste relatório, para que, buscando a excelência nos serviços prestados a toda a comunidade, trará como resultado final, o crescimento da instituição no mercado educacional.

Agradecemos a toda a Comunidade Caieirense pela contribuição.

Dados da instituição

A Associação Caieirense de Ensino, entidade mantenedora da Faculdade Metropolitana de Caieiras, é pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, inscrita no CNPJ nº 05.079.146/0001-98, que tem por objeto social a atividade educacional diversificada de nível superior.

A Faculdade Metropolitana de Caieiras é uma instituição de ensino superior credenciada pela Portaria MEC 705, de 03 de março de 2005, mantida pela Associação Caieirense de Ensino. Situa-se à Rua México, nº. 100, no município de Caieiras, no Estado de São Paulo.


Membros da CPA


James Ernesto Mazzanti - Coordenador da CPA
Fabíola Otelac - Docente
Rodrigo Nascimento Pontes - Discente
Maria José Gonçalves - Técnico Administrativo
Fábio Cenachi - Comunidade


Período de Mandato da CPA: 01 de Março de 2013 a 28 de Fevereiro de 2014.

Ato de designação da CPA: 01 de fevereiro de 2004, consoante a Lei nº 10.861/2004.

Considerações Iniciais

A Comissão Própria de Avaliação é uma estratégia adotada pelo Ministério da Educação, para que haja um processo de avaliação constante com a intenção de melhorar os serviços prestados pelas instituições.

As 10 dimensões do SINAES (Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior)relatadas neste relatório possibilitou à comissão ‘apontar’ aos gestores os pontos estratégicos a serem trabalhados para atingir resultados significativos.

A dinâmica de funcionamento das atividades propostas pela CPA adotou uma metodologia que contemplou três fases:

- Reuniões periódicas para a elaboração das atividades, discutindo os focos a serem trabalhados, que gerariam resultados eficazes no processo avaliativo;
- Divulgação e aplicação do questionário na sede da instituição, envolvendo os seguintes públicos: coordenadores, corpo docente, corpo discente e corpo técnico-administrativo.
- Reuniões extraordinárias, a fim de discutir a papel da avaliação sob a ótica da avaliação.

Os questionários aplicados aos públicos acima mencionados tiveram como missão, avaliar as seguintes dimensões:

Corpo discente: Avaliação do curso, disciplina, infraestrutura e avaliação do estudante;
Corpo docente: Avaliação do planejamento de aula, assiduidade, metodologia, didática e relacionamento com o aluno e colegas da instituição e sua satisfação na IES;
Corpo técnico-administrativo: Capacitação profissional e satisfação pela instituição.

A aplicação dos questionários foi realizada no ano de 2013, disponibilizando prazos adequados para o preenchimento dos questionários pelos públicos envolvidos.Estes dados colhidos foram tabulados e analisados pela CPA, divulgando os resultados adquiridos e, por fim, apresentados neste relatório.

Os questionários foram aplicados nos cursos ministrados na instituição, quis sejam: Administração, Pedagogia, Ciências Contábeis, Direito e Processos Gerenciais.

Etapas da aplicação do questionário:

- Recomposição da CPA como o órgão responsável pela avaliação na faculdade, de acordo com os critérios adotados pelo MEC;
- Sensibilização da comunidade, relatando a existência e a missão da Comissão Própria de Avaliação e suas respectivas autonomias;
- Divulgação do questionário adotado pela comissão como instrumento avaliativo;
- Levantamento dos dados aplicados na instituição, dando início ao processo de avaliação;
- Coleta de informações e análise dos dados aplicados;
- Desenvolvimento do relatório que contempla a avaliação institucional, sua dinâmica e os resultados adquiridos na execução dos trabalhos;
- Divulgação do relatório aos dirigentes e à comissão de auto avaliação, bem como um balanço que evidencia os indicadores detectados no decorrer da avaliação.

Desenvolvimento

A Faculdade Metropolitana de Caieiras assegura a aplicação da gestão democrática por meio da interação e integração entre a gestão administrativa, colegiados de curso, NDE’s (Núcleo Docente Estruturante) e coordenadores em suas diversas modalidades de atuação.

Avaliando a partir deste princípio, a Comissão Própria de Avaliação realizou as atividades buscando a participação efetiva de todos os colaboradores (coordenadores, corpo docente, corpo discente e corpo técnico-administrativo), utilizando a pesquisa qualitativa, após a obtenção dos dados brutos para a realização deste relatório.

Arquivos


Documento Download