Notícias

Mooca: UNISP celebra os 462 anos do bairro da Mooca

Data: 22/08/2018 | 0 Comentário


Compartilhe

          

Em 1556 nascia na zona leste de São Paulo, o tradicional e encantador bairro da Mooca. Conhecido e admirado por seus contrastes que unem história e modernidade, o bairro conquistou não só o coração dos mooquenses que se orgulham em manter viva a memória do local, como também o de muitos paulistanos que aproveitam os momentos de lazer para visitar os espaços culturais e gastronômicos que a região oferece.

Famosa também por suas festividades, a Mooca fica ainda mais especial no mês de agosto, em razão da comemoração do seu aniversário no dia 17. Para celebrar os 462 anos do bairro, o Centro Universitário de São Paulo – UNISP promoveu uma cerimônia que contou com a presença de empresários, moradores, comunidade acadêmica da UNISP e de representantes de importantes entidades que atuam no desenvolvimento do bairro, como a Sociedade Maçônica, a Polícia Militar, o Clube Atlético Juventus, a Associação Comercial de São Paulo – Distrital Mooca e a Subprefeitura da Mooca.

Na abertura do evento, após a entrada do Pavilhão Nacional e a execução do Hino Nacional Brasileiro, houve a formação da Mesa Diretora composta pela reitora do Centro Universitário São Paulo - UNISP, profa. Cláudia Pereira; o vice-presidente executivo da Universidade Brasil, Dr. Décio Corrêa Lima; o diretor geral do UNISP, Dr. Rogério dos Santos Morais; o tenente coronel, Antônio Delafina; o delegado do 36ª Região Maçônica, Francisco Ortali Forte; e o presidente do Clube Atlético Juventus, Domingos Sanches.

A reitora da UNISP, profa. Cláudia Pereira, agradeceu a presença de todos os convidados, discentes e docentes e deu início às Solenidades dos Festejos da Mooca, no Centro Universitário de São Paulo. "O Centro Universitário de São Paulo, foi pioneiro na Educação Superior,  no bairro da Mooca.  No próximo ano, completa 50 anos de existência. Considerando esta trajetória, podemos afirmar que formamos boa parcela dos moradores do bairro da Mooca e região. Com a entrada de outras instituições de ensino, hoje, a nossa Mooca (digo nossa, porque é meu bairro natal),  adquire um perfil universitário e isto reflete diretamente na composição deste novo público no bairro. Sentimo-nos honrados em manter esta tradição do compromisso com a Educação e o cultivo da memória e cultura deste tão querido bairro, junto a este público", completou a reitora.

Entre tantas vertentes que marcam a evolução do bairro, a educação, sem dúvida, é um dos fatores fundamentais que contribui para esse crescimento. De acordo com o professor do Centro Universitário de São Paulo, Dr. Márcio Magalhães Fontoura, que explanou sobre “A Importância da Educação no Desenvolvimento da Mooca”, o crescimento econômico e social de uma região ou até mesmo de um país está fortemente ligado à educação. E para que haja avanço, rumo a um futuro melhor, é essencial investir continuamente na educação.

Para apresentar os fatos relevantes sobre a história do bairro, o desenvolvimento das empresas na região e a chegada dos imigrantes, em sua maioria italianos, que desembarcaram em São Paulo por volta de 1870, para trabalhar nas fábricas que funcionavam na primeira fase de industrialização da cidade, a cerimônia recebeu a jornalista Elizabeth Florido que abordou com riquezas de detalhes o tema “A Mooca e seus 462 anos – A importância desse bairro histórico”. Segundo a jornalista, “A identidade do bairro não pode ser simplesmente removida da memória das pessoas. Cabe a nós, com esse legado histórico que temos da Mooca, levar isso adiante para os filhos, netos e para aqueles que estão chegando agora, seja para morar ou simplesmente visitar, porque ouvem falar muito bem do bairro, desse orgulho mooquense e essa identidade forte que o bairro tem”, afirmou Elizabeth.

A noite de comemoração foi embalada com apresentações musicais. O ex-aluno de Direito e músico, Joel Ferreira, encantou com um solo de cavaquinho. Repertórios da MPB foram cantados pela aluna de Pedagogia, Marina Helena Marques Saponaro. E a cantora convidada, Bianca Alves Pierucci, soltou a voz com o pop internacional.

Em meio a muitas homenagens, a reitora Cláudia Pereira recebeu uma medalha das mãos do delegado da 36ª Região Maçônica, Francisco Ortali Forte, que a agradeceu pela prestatividade e parceria entre a Instituição de Ensino e a Entidade.

E para encerrar a cerimônia em grande estilo, o público uniu-se às cantoras e ao som do cavaquinho cantaram “Parabéns a você” para a Mooca.

O presidente do Juventus, Domingos Sanches, afirmou ter ficado orgulhoso por participar do evento. “Se o Juventus é o coração da Mooca, o Centro Universitário é o cérebro. É essa união que faz a Mooca ser sempre progressiva”.

Já o superintendente da Associação Comercial de São Paulo – Distrital Mooca, Luis Carlos Castan, sentiu-se muito feliz por representar a entidade. “A Mooca é um bairro com muitas peculiaridades. Esse evento bem no dia do aniversário do bairro foi maravilhoso, uma surpresa muito agradável. Apesar do frio, fiz questão de vir prestigiar”.

Por fim, o representante do Rotary Club da Mooca e da Associação Comercial, José Paulo Dias, disse que o evento foi muito importante por tratar das particularidades da região. “A Mooca é o que é pela sua história. A tradição e a modernidade se encontram aqui no mesmo espaço. E nós, mooquenses, olhamos o futuro sem esquecer do nosso passado”, concluiu.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Deixe seu comentário
Seu endereço de e-mail não será publicado.




    Seja o primeiro a comentar!