Quem escolhe um curso na área de exatas é visto pela maioria como alguém mais matemático e objetivo, afinal, para seguir em um curso de Administração de Empresas, por exemplo, é preciso lidar com tomadas de decisões estratégicas, gestão de crise, números e outros desafios desta área.

Mas, nem só de números vivem “as pessoas de exatas”, e neste sentido, os filmes trazem diversas histórias inspiradoras e ideias possíveis para implementar no dia a dia. E para quem quer seguir carreira na área de negócios existem várias histórias que mostram liderança, respeito, trabalho em equipe e grandes superações de pessoas que estão em um cargo importante dentro de uma corporação ou estão em uma posição que necessite firmeza, autoridade e empatia.

 

Will Smith interpreta Chris Gardner, no filme, baseado em fatos reais, “À procura da felicidade “. Creditos: Divulgação. 

Para quem já cursa Administração ou está em dúvida sobre algum curso desta área, confira esta lista de filmes abaixo e inspire-se com histórias de grandes empresários, presidentes, pessoas que não desistiram de seus sonhos ou até mesmo alguém que só precisava de uma oportunidade para conseguir alcançar o sucesso.

 

Confira a lista:

 

# 1. A Felicidade não se compra (Frank Capra, 1940)

 O filme é da década 40 e conta a história de um “candidato” a anjo que recebe a missão de ajudar um empresário prestes a se suicidar.

 

# 2. Joy: O Nome do Sucesso (David O. Russell, 2015)

Mesmo vivendo no limite e vendo seus sonhos cada vez mais distantes, inclusive o de fazer uma faculdade, Joy (Jennifer Lawrence), divorciada e com dois filhos para sustentar, além do pai e do ex-marido que continua a viver sob o mesmo teto que ela, aposta em sua criatividade e inspiração e inventa um esfregão de limpeza milagroso que se transforma em fenômeno de vendas e faz dela uma das empreendedoras de maior sucesso dos Estados Unidos.

Este filme apresenta uma aula sobre perseverança, criatividade e empreendedorismo. Vale dar o play.

 

 # 3. Invictus (Clint Eastwood, 2009)

A história é contada a partir da eleição de Nelson Mandela (Morgan Freeman) para presidente da África do Sul, quando o país ainda mantinha resquícios do apartheid. Para contornar a preocupante situação social e econômica, Mandela se une ao time nacional de rúgbi.

A proximidade entre o presidente Mandela e o capitão do time revela uma série de reflexões e mudanças de comportamento e aborda também tomadas de decisão.


 

# 4. Amor sem Escalas (Jason Reitman, 2010)

A função de Ryan Bingham (George Clooney) é viajar para todas as cidades dos Estados Unidos e demitir pessoas. Um cargo um tanto pesado, porém, de tanto lidar com o desespero e a angústia dos outros, ele se tornou frio. Mas seu chefe decide contratar Natalei Keener (Anna Kendrick), profissional que desenvolveu um sistema de demissão por videoconferência e, caso o sistema seja implementado, Ryan corre o risco de ficar sem emprego.

Esta produção mostra um conflito entre uma nova gerência e a forma tradicional de se trabalhar. O filme apresenta como lidamos com as mudanças e “zonas de conforto”.
 

 

# 5. De pernas pro ar (Roberto Santucci, 2010)

No filme, Alice (Ingrid Guimarães), é uma mulher workaholic que perde o emprego e o marido no mesmo dia. Mas tudo muda quando ela conhece a vizinha, que é dona de um sex shop em decadência. A personagem Alice percebe que o negócio está indo muito mal por falta gestão e decide virar sócia da amiga.

No filme, a experiência, gestão e visão de mercado mostram como boas decisões podem alavancar um negócio em crise.

 

# 6. Um Sonho Possível (John Lee Hancock, 2009)

Baseado em fatos reais, um jovem negro Michal Oher (Quinton Aaron), que cresceu em lares adotivos vê sua vida mudar quando conhece, no meio da rua, Leigh Ann (Sandra Bullock) que, sensibilizada pela situação do rapaz, decide leva-lo para dormir em sua casa. Ela e sua família decidem apostar no potencial de Michael, dando-lhe uma família, uma escola e a chance de jogar no time de futebol.

Situações de superação, esperança, empatia são as chaves deste filme. Ele mostra ao espectador a força que uma oportunidade pode gerar na vida de alguém.

 

# 7. Monstros S/A (Pete Docter, 2001)

Nesta animação, Mike e Sulley são monstros empregados da empresa Monstros S/A. A energia que a empresa gera provém dos gritos das crianças, mas como elas já não se assustam mais, o lucro da empresa começa a cair. Mas Sulley conhece uma garotinha e descobre que o riso dela também é capaz de gerar energia.

As animações trazem ótimos aprendizados e nesta produção não foi diferente, pois mostra que ao se reorganizar, a empresa mostra como é possível superar adversidades mediante uma crise.


 

# 8. O discurso do Rei (Tom Hooper, 2010)

O filme conta a história real de o rei da Inglaterra George VI, pai da atual rainha Elizabeth II. Ele sofria de uma gagueira que o impedia de discursar para grandes públicos, até conhecer o terapeuta Lionel Logue.

Um líder precisa saber se comunicar com eficiência, este é um dos ensinamentos. Já o outro, é a posição firme diante de uma situação atípica e difícil, que no caso do filme, é ensinar o Rei, e o terapeuta faz de forma firme e repleta de jogo de cintura e bom humor. Ou seja, para ser firme, não precisa de arrogância, e sim, do contrário.

 

# 9. À procura da felicidade

Chris Gardner (Will Smith) enfrenta uma vida difícil. Despejado de seu apartamento, este pai solteiro e seu filho não têm onde morar. Chris consegue um estágio não remunerado em uma firma de prestígio. Sem dinheiro, os dois são obrigados a viver em abrigos, mas Chris está determinado a criar uma vida melhor para ele e seu filho.

Os recomeços nem sempre são fáceis, mas neste drama, o personagem mostra muita criatividade e perseverança diante das dificuldades em se recolocar no mercado.

 

 Por Dalila Ferreira - Jornalista 





     


Deixe seu comentário
Seu endereço de e-mail não será publicado.




    Seja o primeiro a comentar!