Já que o mês de abril está cheio de feriados, porque não aproveitar os dias de folga do trabalho e da faculdade para assistir on-line a lista de 7 filmes brasileiros que o Conexão UNIESP selecionou para deixar o seu final de semana mais animado.

Se você é assinante da Netflix sabe que o site conta com milhares de títulos super legais de filmes brasileiros. Se você, assim como a gente, é um cinéfilo de primeira, não pode deixar de assistir essa seleção que fizemos com os 7 melhores filmes nacionais. Agora não tem mais desculpa, dê uma chance as longas nacionais.

 

Tropa De Elite:

Wagner Moura, como Capitão Nascimento em Tropa de Elite.

O filme mostra o dia a dia do grupo de policiais e de um capitão do BOPE, que quer deixar a corporação e tenta encontrar um substituto para seu posto.
Chatô, O Rei Do Brasil:
O magnata das comunicações Assis Chateaubriand é a estrela principal de um programa de TV chamado “O Julgamento do Século”, realizado bem no dia de sua morte. É nele que Chatô relembra fatos marcantes de sua vida.
Faroeste Caboclo:
João deixa Santo Cristo em busca de uma vida melhor em Brasília. Ele quer deixar o passado repleto de tragédias para trás. Lá, conta com o apoio do primo e traficante Pablo, com quem passa a trabalhar. Em meio a tudo isso, conhece a bela e inquieta Maria Lúcia, filha de um senador, por quem se apaixona loucamente.

 

Ó Paí, Ó:

Lázaro Ramos, como Roque em Ó Paí Ó.

Em um animado cortiço do centro histórico do Pelourinho, em Salvador, tudo é compartilhado pelos seus moradores, especialmente a paixão pelo Carnaval e a antipatia pela síndica do prédio, Dona Joana.

 

Nise – O coração da Loucura:

Glória Pires, como Nise da Silveira em Nise – O Coração da Loucura.

Ao voltar a trabalhar em um hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro, após sair da prisão, a doutora Nise da Silveira propõe uma nova forma de tratamento aos pacientes que sofrem da esquizofrenia, eliminando o eletrochoque e lobotomia. Seus colegas de trabalho discordam do seu meio de tratamento e a isolam, restando a ela assumir o abandonado Setor de Terapia Ocupacional, onde dá início a uma nova forma de lidar com os pacientes, através do amor e da arte.

 

Colegas: